Enjoos na gravidez

Enjoos na gravidez

7 truques para combater náuseas e vómitos durante a gravidez

  • Durante a gravidez, os enjoos são algo bastante "normal" com que cerca de 90% de todas as mulheres têm de lidar. São provocados por alterações hormonais, entre outras coisas.
  • No entanto, por norma, surgem apenas durante os primeiros três meses de gravidez. Depois disso tendem a desaparecer.
  • Existem alguns remédios caseiros e medicamentos bastante eficazes contra náuseas e vómitos. Faz sentido que as mulheres recorram a estas ajudas, de modo particular aquelas que ainda não decidiram o que fazer com a gravidez: desse modo, evitam decidir num estado de exaustão.

Neste artigo encontrará dicas contra as náuseas e mais informações.

Enjoos da gravidez: vão acabar por passar

Primeiro facto importante: para a maioria das mulheres, os enjoos e vómitos só duram até à 12ª semana de gravidez, aproximadamente! 

Ter de lidar com náuseas constantes pode ser incrivelmente angustiante. Talvez se sinta alarmada com esta situação e, provavelmente, tinha imaginado que tudo aconteceria de maneira diferente. Pode, por isso, ser um alívio saber que este sintoma não vai durar a gravidez inteira! 

  • ⚖️ Sente-se enjoada e tem pensado em fazer um aborto? – Faça aqui o Teste do Aborto! Irá receber feedback personalizado da nossa equipa de acompanhamento.

 

Numa gravidez, quando começam os enjoos?

Por norma, os enjoos começam entre a quarta e a sétima semana de gravidez. Em muitas mulheres, estes aumentam perto da nona semana, e vão diminuindo progressivamente a partir daí, desaparecendo completamente perto da 12ª semana de gravidez. É muito raro que continuem para além dessa semana. 

Enquanto duram, os enjoos e os vómitos da gravidez podem acontecer a qualquer altura do dia. Por vezes, são particularmente intensos de manhã.

 

7 truques para combater os enjoos da gravidez

Com base na experiência de acompanhamento da profemina, reunimos 7 ideias que a podem ajudar a lidar com os enjoos da gravidez. Pode experimentar quais as que funcionam melhor consigo. 

 

 

1. Refeições pequenas 🥨

Para aliviar os enjoos da gravidez, pode ser útil fazer refeições mais frequentes e mais ligeiras. Desta forma, a circulação sanguínea e os níveis de açúcar no seu sangue mantêm-se mais estáveis, o que alivia este sintoma. 

Sugestões práticas:

  • Cinco refeições pequenas em vez de três refeições grandes
  • Coma bolachas de água e sal quando começar a sentir os enjoos

 

2. Pequeno-almoço na cama 🛌

Para acalmar o estômago antes de se levantar, comer alguma coisa enquanto ainda está deitada, pode ajudar. 

Sugestões práticas:

  • Deixe na mesa de cabeceira um termos com chá de ervas 
  • Tenha perto da cama algumas bolachas ou tostas 
  • Depois de comer, levante-se sem pressas (movimentos bruscos podem aumentar a sensação de náusea!) 

 

3. Evite alimentos e cheiros que a deixam mal-disposta 🚫

Para muitas mulheres, alimentos fritos, gordurosos ou picantes podem provocar enjoos. Talvez já se tenha apercebido que alguns alimentos a deixam mais enjoada. Procure evitá-los, bem como cheiros fortes, tanto quanto possível. 

Na prática: não lhe é possível evitar alguns cheiros? Sais de cheiro ou um frasco com água perfumada podem ajudar (por exemplo, limão ou gengibre).

 

4. Remédios caseiros: chá de gengibre ☕️

O gengibre pode acalmar o estômago e reduzir os enjoos, mesmo durante a gravidez. Dependendo da sua preferência, pode tomá-lo de várias maneiras.

Na prática:

  • Chá de gengibre caseiro: corte bocados de gengibre fresco, coloque-os numa caneca e deite por cima água a ferver. 
  • Numa farmácia ou loja de produtos naturais também pode encontrar chás de gengibre já feitos, ou outros produtos com gengibre (como o gengibre cristalizado)

 

5. Descanso 🛋

Fatores como a tensão e o stress podem piorar os enjoos. Por isso, é recomendável dar a si própria e ao seu corpo um pouco de repouso. Lidar constantemente com estes sintomas é exaustivo: tire mesmo algum tempo para poder descansar! 

Na prática:

  • Exercício físico e ar puro ajudam a descansar o corpo e a mente: experimente fazer uma caminhada na natureza. 
  • Se possível, faça sestas. Se não for possível, antecipe a hora de se deitar, tanto quanto conseguir. 

 

6. Vitaminas 🥑

Alguns suplementos vitamínicos também podem ajudar a combater as náuseas. A vitamina B6, de modo particular, tem-se mostrado eficaz no combate às náuseas.  

Na prática:

  • Fale com o seu médico ou farmacêutico

 

7. Medicação leve 🩺

Os seus sintomas são bastante fortes e os remédios caseiros não fazem efeito? Existem medicamentos próprios para grávidas que podem ajudar a reduzir as náuseas. 

Na prática:

  • Fale com o seu médico ou farmacêutico

 

Porque me sinto maldisposta na gravidez?

No início da gravidez existe uma produção acentuada da hormona ß-hCG. Esta e outras alterações hormonais podem causar alguns sintomas. Para além disto, as náuseas e vómitos na gravidez podem ter razões psicológicas ou hereditárias. 

Embora os enjoos da gravidez possam ser difíceis tanto ao nível físico como psicológico, são normais até um certo ponto ou intensidade. 

  • ℹ️Facto: 90% de todas as grávidas sofrem de algum tipo de má disposição. Metade sofre de náuseas e vómitos, e cerca de um quarto apenas sofre de náuseas. 

Assim que os níveis hormonais voltarem a equilibrar-se, estes sintomas tendem a desaparecer. 

 

Tenho de aguentar as náuseas?

Se for possível, é recomendável que procure fazer alguma coisa para reduzir os enjoos. Quem está de fora tende a subestimar a dificuldade de viver com estes sintomas, mas estes podem causar muito cansaço e exaustão. O mal-estar constante também pode levar a um grande stress psicológico. 

Sobretudo para quem ainda não tem a certeza se quer prosseguir com a gravidez, esta circunstância pode dificultar a liberdade de uma escolha. Por isso é importante conseguir “contra-atacar” os enjoos tanto quanto possível, de modo a não ter de tomar esta decisão em meio a um sofrimento físico grande e exaustivo. As nossas dicas contra os enjoos podem ajudá-la.

 

Quando os enjoos não desaparecem

Em alguns casos raros, existe um tipo de náusea da gravidez que é mais severo. A esta doença chama-se hiperémese gravídica (vómitos graves ao ponto de causar perda de peso ou desidratação). Estima-se que esta doença afete entre 0,2 e 2% das grávidas. 

As causas desta doença não são claras, mas sabe-se que geralmente ocorre no início da gravidez, entre a 4.ª e a 9.ª semanas. Estas náuseas e vómitos severos raramente se prolongam até ao terceiro trimestre. Se pensa que está a sofrer deste tipo de enjoo, é recomendável que contacte o seu médico.  

  • Talvez as náuseas se tornem tão fortes que chegue a pensar em abortar. Nós teremos todo o gosto em poder estar ao seu lado neste período difícil: contacte-nos fácil e rapidamente ao completar o  Teste de Aborto gratuito. 

  • Está a sofrer com vómitos graves, perda de peso e desidratação e sente-se preocupada? Não tem a certeza se sofre de enjoos matinais regulares ou de hyeremesis gravidarum? Entre em contacto com as nossas counsellors. Temos todo o gosto em acompanhá-la e estamos disponíveis para ouvir as suas preocupações!


Outros artigos interessantes:

Considera que a informação neste artigo foi útil?